Viva o legítimo extrato de baunilha feito em casa! Tão bom ou melhor que o comprado!

Sou um pouco distraída. Por isso, sempre que uma receita (geralmente as de livros importados, principalmente as da Julia Child) pedia ‘vanilla extract’, eu usava essência de baunilha, sem cerimônia.

Tá certo que me intrigava o preço da essência, baixíssimo (um frasco de 500 ml custa cerca de R$8 aqui em São Paulo), ao mesmo tempo em que encontrava nas lojas de confeitaria um vidrinho de ‘pure vanilla extract’ contendo pouco mais de 100 ml por, no mínimo, R$ 50, e muitas vezes bem mais que isso.

Foi lendo o próprio livro da Julia Child, Mastering the Art of French Cooking, que eu me toquei – a essência, tão mais barata, só dá o cheirinho e seu aroma é obtido artificialmente, enquanto o extrato de boa qualidade, além de bem mais caro, é feito com as favas de baunilha naturais e confere o sabor da baunilha às receitas. Claro, só eu não tinha reparado nisso!

Em seu livro Ready for Dessert, o pastry chef David Lebovitz fala com paixão sobre a baunilha, explica sobre três tipos diferentes (tahitiana, bourbon e real mexican – sua preferida e mais difícil de achar, segundo ele) e diz com orgulho que cuida de seus frascos de extratos e das favas de baunilha como se fossem jóias.

Eu precisava arrumar um frasco de extrato de baunilha pra chamar de meu. Mas o preço… Como gosto muuuito de descontos, comecei a pesquisar pra ver se encontrava extratos de baunilha em promoção. Foi quando eu vi no blog Cynara´s Place que era possível eu fazer o meu próprio e legítimo extrato de baunilha. (Viva!!!)

Ela ainda dava um link ótimo do Traveler´s Lunchbox, onde havia informações adicionais para quem quiser mais detalhes da receita. (na verdade, não fiz a receita do Traveler´s pois ela pedia um vidro de extrato de baunilha comprado para ser misturado à minha mistura. Exatamente o que eu queria evitar.)

Os ingredientes são dois: favas de baunilha e bebida com alto teor alcoólico ou álcool de cereais, nas seguintes medidas:

  • 2 favas de baunilha cortadas ao meio longitudinalmente, ou de comprido (infelizmente, a única que encontrei foi a bourbon madagascar)
  • 250 ml de vodka, rum claro ou álcool de cereais (segundo o Traveller´s Lunchbox, qualquer bebida que tenha teor alcoólico de aproximadamente 40%)
  • um frasco de vidro com tampa – o melhor para esta receita é o vidro de azeite vazio. Para lavar com eficiência o seu vidro, coloque um pouco de arroz cru no vidro com detergente e um pouco de água. Tampe e chacoalhe bem. Enxague, tire todo o arroz, e espere secar. Pronto. A tampa deve ser bem vedada para evitar que o precioso extrato evapore.

Coloque as duas favas de baunilha cortadas dentro do vidro. Despeje a vodka no frasco, tampe e chacoalhe. Guarde em um armário ou mantenha em um local escuro e ventilado. Deixe descansar por 6 a 8 semanas, chacoalhando a mistura pelo menos uma vez por semana.

A Cynara deixou o dela por 4 meses, e o extrato ficou uma beleza, bem escuro. O meu, até o momento, ficou por 11 semanas.

Fiz meu extrato dia 2 de setembro. A foto é do dia seguinte:

Depois de um mês, dia 2 de outubro, ele estava assim:

No Traveler´s Lunchbox, há a informação de que, conforme a baunilha vai curtindo, o aroma de álcool vai sumindo e acaba prevalecendo o aroma da baunilha. Eu duvidava. Até que na oitava semana eu abri o frasco e cheirei. Realmente o odor do álcool é substituído pelo da baunilha.

Outra dica dos dois blogs é que, se você utiliza fava de baunilha em qualquer receita, pode aproveitar a fava sem as sementes colocando-as no extrato. Mais uma dica: quando utilizar o extrato, complete o nível com mais bebida e chacoalhe.

O meu extrato depois de dois meses, dia 2 de novembro. Dá pra perceber que usei um pouco antes de completar as oito semanas, né? Mas completei depois com mais vodka.

Agora a foto do extrato hoje, dia 20 de novembro: Na foto não parece, mas está bem mais escuro.

É, usei de novo… Preciso completar… Mas tenho o meu próprio vidrinho de ‘vanilla extract’!

O melhor de tudo: o Traveler´s Lunchbox diz que conforme o extrato matura mais, ele fica ainda melhor. É esperar pra ver. Daqui a dois meses, tiro outra foto.

Sobre Ana Sakamoto

jornalista não praticante, vive em São Paulo. Gosta de cores e sempre atravessa na faixa.
Esse post foi publicado em ingrediente. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Viva o legítimo extrato de baunilha feito em casa! Tão bom ou melhor que o comprado!

  1. SIBELI MACHADO disse:

    Como terá ficado agora?

  2. Ed disse:

    Vc usou pouca baunilha, por isso ficou claro desse jeito. O ideal seria usar pelo menos 4 favas.

  3. Ana Parreira disse:

    Dizem que a vodka pode ser de qualquer marca, que isso não faz diferença.
    Mas eu tenho uma dúvida, se alguém pudesse me responder, que é:
    Se a baunilha tem uma data de validade, até quando ela pode ser usada dentro do extrato?
    Quer dizer, se a vodka vai sendo reposta conforme diminui, a fava de baunilha é sempre a mesma? obrigada

    • Ed disse:

      O ideal é q a vodka seja pelo menos uma Smirnoff, que é boa e barata ao mesmo tempo rsrs Não precisa ser uma Absolut haha Sobre a validade, a vodka não tem validade, e ela conserva a baunilha. Não precisa ficar repondo sempre que usar. Só reponha (e apenas um pouco) quando tudo já estiver bem curtido, bem escurinho, com bastante gosto de baunilha. Se vc ficar repondo a vodka sempre, o gosto da baunilha vai sumir e o gosto da bebida vai prevalecer. Ah, e não use apenas 2 favas. O ideal são 4 favas para 250 ou 300ml de vodka.🙂

  4. Roberta Dutra disse:

    Comprei a baunilha, Ana. Da mesma marca. Agora preciso achar uma vodka boa… Depois te conto como ficou…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s