Torta de creme de chocolate… para que 2012 nos seja leve

Um feliz e próspero 2012 a todos… e desculpem por não postar na semana passada… foi um momento total descontrole organizacional do ano. Uma das coisas que desejo a mim mesma para o ano que começa é conseguir me organizar a ponto de realizar guloseimas temáticas para os festejos da época… e conseguir postar.

A receita deste post é a que fiz para o jantar de Ano Novo aqui de casa, uma torta de creme de chocolate do livro Martha Stewart´s New Pies & Tarts, que há um tempo queria experimentar. Não é muito trabalhosa, mas deve ser feita com antecedência, pois precisa gelar por no mínimo 4 horas. Também aproveitei para usar um corante dourado em spray que comprei e queria testar.

Segue a receita, traduzida por mim e com minhas observações:

Chocolate Cream Pie

para a base:

  • 1 e 1/2 xícara de biscoito moído sabor chocolate (eu usei biscoito Negresco moído em pacote, encontrado em lojas de produtos para confeitaria)
  • 4 colheres (sopa) manteiga sem sal derretida
  • 2 colheres (sopa) açúcar cristal
  • uma pitada de sal
  • um prato para torta refratário de aproximadamente 22,5 cm de diâmetro

para o creme de chocolate:

  • 2 e 1/2 xícaras de leite
  • 120 g chocolate meio amargo picado (eu usei o blend da Nestlé, era o que eu tinha, e ficou muito bom)
  • 1/2 xícaras açúcar cristal
  • 1/4 xícara amido de milho
  • 1/4 colher (chá) sal
  • 4 gemas grandes
  • 1 colher (chá) extrato de baunilha
  • 1 colher (chá) gelatina em pó sem sabor (opcional)
  • 2 colheres (sopa) água (opcional)

cobertura:

  • 1 xícara de creme de leite batido
  • raspas de chocolate para polvilhar

Para fazer a base de Negresco: Preaqueça o forno a 180º. Coloque o biscoito no processador de alimentos e triture tudo até que o biscoito fique bem moído.

Ainda no processador, acrescente a manteiga derretida, o açúcar cristal e o sal.

Processe até que tudo esteja bem misturado. A massa fica parecendo uma areia grossa e úmida.

Aperte esta massa sobre o fundo e os lados do prato de torta, até quase chegar à borda. No livro, Martha dá uma dica para o fundo ficar retinho: usar um objeto liso para apertar a massa – eu usei o medidor de xícara, mesmo utensílio que Martha utilizou na dela.

Assim que a massa estiver bem apertada no prato, leve à geladeira por 15 minutos para firmar.

Depois dos 15 minutos, leve ao forno por 10 minutos. (A minha, depois de 10 minutos começou a soltar um cheiro de biscoito de chocolate pela casa).

Quando a base da torta estiver assada, retire do forno e deixe esfriar bem. Reserve. A minha ficou assim, depois de fria. (E eu nem liguei para as rachaduras):

Para fazer o Creme de Chocolate:

Numa panela, leve o leite e o chocolate picado ao fogo médio e mexa bem até que o chocolate derreta e a mistura fique homogênea. Retire do fogo.

Coloque o amido de milho, o açúcar cristal e o sal numa tigela e misture bem. Acrescente uma xícara do leite com chocolate derretido ainda quente e misture. Coloque esta mistura de volta na panela e mexa com um batedor. Reserve. (desculpe, não tirei foto)

Coloque as gemas numa tigela pequena. Acrescente novamente uma xícara da mistura quente de leite, chocolate sobre as gemas misturando sempre. (o processo é o mesmo feito com o amido com açúcar). Misture bem e devolva as gemas com leite à panela. Misture bem com batedor de arame.

Leve a panela de volta ao fogo e vá misturando bem até que o creme comece a borbulhar e engrosse. Retire do fogo.

Se usar a gelatina, hidrate-a com as colheres de água. Deixe descansar por 5 minutos.

Leve a gelatina ao micro-ondas por 7 segundos. Ela deve ficar líquida. Acrescente esta gelatina ao creme e misture bem.

Acrescente o extrato de baunilha e misture. Deixe amornar.

Monte a torta:

Despeje o creme ainda morno sobre a base da torta fria.

Espalhe bem o creme e cubra com filme plástico, encostando o filme no creme (isso evita que se forme uma película sobre o recheio da torta). Leve a torta para gelar por no mínimo 4 horas.

Na hora de servir, retire o filme plástico, espalhe o creme de leite batido sobre a torta e polvilhe as raspas de chocolate.

Eu não coloquei raspas de chocolate, mas peguei o corante dourado spray e passei um pouco sobre o chantilly.

Agora, sobre o sabor: o recheio de chocolate é delicioso. Experimentei quente, e depois da torta pronta, e os dois estavam excelentes. A base de Negresco dá um equilíbrio pois é um chocolate mais amargo, balanceando com o recheio doce. Foi uma boa opção para terminar um ano e começar o outro. Recomendo.

 

 

Sobre Ana Sakamoto

jornalista não praticante, vive em São Paulo. Gosta de cores e sempre atravessa na faixa.
Esse post foi publicado em Sobremesas e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s